Hormônios

Poucas pessoas sabem como os hormônios são importantes para saúde e qual a melhor forma de aproveitar cada um deles e seus benefícios. É nesta hora que aparecem diversas questões, como:

Qual é a quantidade de hormônios que precisamos?

Talvez uma maneira “geral” de responder seria: uma mínima quantidade necessária para mantermos plenas nossas funções fisiológicas. Quando se “repõe” um determinado tipo de hormônio, entende-se que: o indivíduo parou de produzir ou a quantidade que ele dispõe de hormônios está abaixo do necessário para manter uma vida saudável.

Hormônios trabalham para nossa saúde

Alguns exemplos comuns de controlar os hormônios:

Pessoas com diabetes aplicam insulina para controlar o nível de açúcar no sangue, os hormônios também são usados na disfunção da tireoide, a reposição hormonal (TRH) nas mulheres utilizadas na  menopausa ou nos homens na andropausa.

Por isso a avaliação, a orientação e o acompanhamento dos hormônios são fundamentais para se ter os resultados esperados e minimizar riscos e efeitos indesejáveis do uso terapêutico de qualquer hormônio. Neste caso, o excesso da reposição hormonal é tão prejudicial quanto a falta.

FIQUE POR
DENTRO